Casa > Fantasia > MiddleGrade > Fantasmas > Cavaleiro Fantasma Reveja

Cavaleiro Fantasma

Ghost Knight
Por Cornelia spark Oliver Latsch, Andrea Offermann,
Avaliações: 29 | Classificação geral: média
Excelente
3
Boa
12
Média
11
Mau
1
Horrível
2
Do fenômeno internacional Cornelia Funke, a autora mais vendida de Reckless e Inkheart. Jon Whitcroft, de onze anos de idade, nunca esperava gozar no colégio interno. Por outro lado, ele nunca esperava ser confrontado por um bando de fantasmas vingativos também. E então ele conhece Ella, uma nova amiga peculiar que gosta de aventura ... Juntos, Jon e Ella devem trabalhar para descobrir o

Avaliações

05/18/2020
Mick Gelbach

Mais do que um pouco decepcionante

Outros livros de Funke (Inkheart e Cavaleiro do Dragão) são caprichosos e misteriosos. Há uma loucura de construção de mundo, muita aventura e uma pitada de terror. Então, entrando neste romance - Eu fui bombeado!

Eu deveria ter definido minhas expectativas mais baixas.

Seguimos Jon, um garoto de 10 anos que está enviado para o internato. Ele foi enviado em parte porque sua mãe está ficando séria com o namorado, "The Beard". Jon odeia "The Beard" com uma paixão ardente e dolorida.

Dele atitude é tão exagerada que eu quase não culpo sua mãe por se livrar dele (esclarecimento: sua mãe o ama e pensa que a mudança no ambiente o ajudaria a crescer). (Mas ainda assim, o filho dela é superrrrr irritante).

E todas as coincidências me deixaram maluco. O internato para o qual ele foi enviado acontece estar cheio de fantasmas que odeiam sua linhagem. Seu novo melhor amigo / a garota que ele gosta (Ella) apenas acontece ter uma avó especialista em ocultismo. O filho da avó (ver spoiler)[(Tio de Ella) apenas acontece ser "A Barba" - também especialista em ocultismo. (ocultar spoiler)]

É ridículo. Toda vez que a Funke precisava progredir na trama, haveria outra coincidência isso levou a resultados perfeitos. A trama parecia forçada, e comecei a me perguntar se ela havia sido escrita pela mesma pessoa.

Audiobook Comentários
Bem lido, embora Jon fosse tão irritante que eu comecei a não gostar do som da voz dele.

Youtube | Blog | Instagram | Twitter | Snapchat @ miranda.reads

Leitura feliz!
05/18/2020
Mariann Fessel

Que história divertida e fofa.

Estou tão feliz por ter colocado minhas mãos nessa, Cornelia Funke realmente fez isso de novo.

O QUE FOI ESCRITO

Jon é um garoto de onze anos que está sendo enviado para o internato pela primeira vez, e ele sente que é uma maneira de sua mãe tirá-lo do cabelo. Ela começou a namorar um homem que Jon chama de "A Barba", um homem que Jon detesta.

Quando Jon chega ao colégio interno, ele fica atormentado por um bando de fantasmas que parecem empenhados em matá-lo. O fato é que ninguém mais pode ver esses fantasmas, exceto sua nova amiga Ella. Cabe a Ella e Jon resolver o mistério de por que esses fantasmas querem Jon morto. E, no processo, Ella apresenta Jon a William Longspee, um cavaleiro morto há muito tempo cujo fantasma reside na catedral nos terrenos do colégio interno. Longspee jurou proteger todos aqueles que precisam de ajuda, e ajuda é exatamente o que Jon precisa.

O QUE MEU CÉREBRO DIGA A QUESTÃO

Esta é uma história tão divertida. Eu adorava ouvi-lo no audiolivro, pois a voz e a interpretação do narrador dos personagens eram tão divertidas quanto a própria história. Eu não sabia nada sobre essa história - ou mesmo que ela era voltada para um público muito mais jovem do que eu esperava. Estava na prateleira recém-lançada / recomendada na minha biblioteca local e, como eu amei o que li da Funke no passado, imaginei por que não. Fico sempre muito feliz quando as chances de arriscar nos livros são tão maravilhosas quanto essa.

Era interessante que essa fosse uma história contada da perspectiva de um adulto sobre algo que aconteceu com ele em sua infância. Eu pensei que às vezes parecesse um pouco desconectado por causa disso, mas não foi o suficiente para me tirar da história. E acho que serve ao propósito de garantir aos leitores mais jovens que, como o narrador ainda estava vivo quando adulto, ele sobreviveria às provações que enfrentou nesta história.

Eu também adorava o relacionamento entre Jon e Ella. Ela é uma garota tão divertida e teimosa. E eu particularmente amei quantas vezes Jon se maravilhava com o fato de ser amigo de uma garota. Porque aos dez anos? Meninos e meninas, na maioria das vezes, ainda têm cooties. Foi revigorante ter uma representação honesta de uma amizade nessa idade, em vez de a história pular de cabeça em um romance irreal. Ele ainda se atrapalha e empurra tudo ao seu redor, mas é tão cativante. E ele cresce muito através deste conto, de uma maneira completamente realista.

Outros personagens que eu amei: Vovó (tão excêntrica e divertida! Que mulher interessante!), A Barba (não estragará nada aqui) e Longspee (ele é incrível, para um fantasma. Adoro toda a história e o desenvolvimento com o personagem dele. e Jon está no caminho).

No geral, essa foi uma pequena e interessante história que eu recomendaria a qualquer pessoa. A única coisa é que, apesar do quanto eu o amei como um audiolivro, aparentemente o livro tem algumas ilustrações incríveis (que eu adoraria ver). Então, escolha seu formato com isso em mente.

Veja este comentário no meu blog: Teoria do Caos
05/18/2020
Fi Pittsinger

Nosso herói e narrador em primeira pessoa é um garoto de dez anos cuja mãe tem um novo namorado e que está sendo abandonada em um internato pela primeira vez. Uma vez lá, ele é atormentado por fantasmas, e conhece uma garota que acredita em fantasmas e o ajuda a resolver seus problemas.

O Cavaleiro Fantasma, orgulhosamente proclamando ser uma história de fantasmas em inglês, foi escrito pela autora infantil alemã Cornelia Funke - mas você não seria capaz de dizer que o autor não é britânico apenas no livro. Eu nunca sei se ela tem tradutores incríveis ou se é muito boa em escrever para um mercado que fala inglês, mas seus livros raramente têm arestas na tradução. (Não como Michael Ende, cujos romances estão mortos em inglês, mas vibrantemente vivos em alemão)

O romance infantil é um romance infantil. Nenhum ângulo de "adulto jovem". É uma história de aventura, realmente, e não muito assustadora ou assustadora. Sabemos desde o início que tudo sai bem (nossa narradora diz coisas como "ela era uma das pessoas mais fortes que eu conhecia e ainda é hoje", então sabemos que todos saem seguros e bem). Os fantasmas são ameaçadores, mas verbais. Estes não são fantasmas desconhecidos e ameaçadores, mas vilões (e heróis) francos e detalhados. É-nos dito que eles não podem prejudicar fisicamente ou tocar em ninguém, então eles se tornam vilões muito seguros para a batalha: eles não podem prejudicar nossos heróis.

A história é agradável de ler, mas falta energia. Ele tem cerca de cinco finais, um após o outro, quase como o Senhor dos Anéis: aparentemente, muito interessado em não deixar uma única trama ou idéia por resolver.

Em suma, é um pouco manso.
05/18/2020
Silvio Littler

O personagem principal proclama que ele gosta de jurar. Até agora, ele disse "maldito" como sua palavra favorita várias vezes. Eu estava lendo isso para ver se meus filhos deveriam ler. Eu acho que não. Além disso, é um pouco assustador.
05/18/2020
Dorolice Xiang

Observe que esta revisão se refere à edição Orion (outubro de 2012 - 978 1 4440 0823). Você pode ver uma foto desta edição aqui e eu recomendo que você dê uma olhada - a capa é simplesmente deslumbrante e a aparência geral é provavelmente um dos pacotes mais bonitos que eu já vi há algum tempo.

E agora, até a revisão!

Cornelia Funke é um desses nomes que precisa de muito pouca introdução. Ela é portadora de padrão internacional de literatura infantil e aventura fantástica em particular. Em Ghost Knight, ela adota uma abordagem um pouco diferente e enraíza sua história na sólida base de um internato em Salisbury. O novo garoto Jon Whitcroft, mandado para a escola enquanto sua mãe fica em casa com a muito odiada "Barba" - seu novo parceiro. O tempo de Jon na escola começa com uma nota muito difícil - e essa nota é que ele está vendo Ghosts.

Fantasmas que querem matá-lo.

Cabe a Jon e sua nova amiga Ella resolver o mistério de por que os fantasmas querem tanto Jon. E é Ella quem apresenta Jon a William Longspee - um Cavaleiro que jurou proteger aqueles que precisam de ajuda. O fato é que William Longspee também é um fantasma ...

Escrito originalmente no alemão nativo de Funke, este livro é traduzido por Oliver Latsch. Eu sempre acho que é importante reconhecer o trabalho de um tradutor ao trabalhar com livros originalmente escritos em um idioma diferente. A escrita em Ghost Knight é definitivamente para um público um pouco mais jovem. Eu achei as frases muito completas em si mesmas; é um livro escrito com precisão, o que significa que será muito acessível a muitas pessoas. Há alguns momentos que podem exigir explicações - há algumas referências a "bastardos", por exemplo, usados ​​no significado dos pais da palavra e não como palavrões.

Eu tive um pequeno problema com a ocasional interjeição de "hoje" Jon na narrativa. Algo assim, onde você sabe que o narrador está contando isso da perspectiva de um adulto (para sobreviver a qualquer trauma que eles experimentaram na história porque você sabe que eles cresceram), às vezes remove a tensão e o imediatismo da história. Esta foi provavelmente a única coisa que chamou a minha atenção e estou ciente de que é uma questão muito pessoal minha.

No geral, o Ghost Knight é rico em riquezas. As ilustrações de Andrea Offermann são deliciosas. Eles são abundantes e espalhados ao longo do livro em uma mistura de páginas duplas, páginas únicas e terminando o lado dos parágrafos. Eles são sombrios, poderosos e intensamente evocativos. Eu amei eles. Quero mais livros assim, livros que façam você respirar quando os abrir. A produção deste livro é brilhante e não vejo que não seja atraente para as pessoas.

A história em si é muito adorável. Eu realmente gostei do relacionamento entre Jon e Ella. É bom ter um garoto liderando uma história escolar. Ele é meio idiota por Ella (ZOMG A GIRL), mas quando se trata disso, ele é corajoso, nobre e meio incrível. E eu amei como ele cresceu ao longo da história. Funke escreve meninos muito, muito bem e acho que é um presente incrível.

O que eu também gostei deste livro é que consigo vê-lo em espiral em mil atividades de acompanhamento. A história inglesa está cheia de coisas como essa, reis escondidos em estacionamentos e damas cinzentas nos cinemas, e usar o Ghost Knight como trampolim para uma caça ao tesouro fantasmagórica pode acabar em algo incrível. Eu não acho que você pode dar errado com um livro como esse, eu realmente não.

05/18/2020
Lukash Raden

As crianças gostaram muito mais do que eu. Eu não ligava para o narrador pré-adolescente angustiado. Toda vez que a história parecia encerrar outro problema / enredo seria apresentado, e eu me perguntava se a história iria realmente terminar.
05/18/2020
Quinn Fertal

O que começa como uma história de colégio interno logo se aprofunda em uma história sobre um fantasma disposto a se vingar. Jon realmente não gosta do novo namorado de sua mãe, então, quando ele é enviado para o colégio interno, é "A Barba" que tem a culpa. Pouco depois de chegar, Jon encontra quatro fantasmas que, em termos inequívocos, o deixam saber que eles querem matá-lo. Sorte de Jon, a avó de sua nova amiga Ella é uma especialista local em fantasmas. Jon e Ella começam a desvendar o mistério de por que esses fantasmas querem vê-lo morto e, para proteção adicional, eles recrutam o fantasma de Sir Longspee. Sir Longspee tem um mistério para resolver e, possivelmente, Jon e Ella também podem encerrar sua história. A história é cheia de muita aventura e ação. As ilustrações são muito bem feitas e acrescentam um pouco de estranheza à história. Pode haver quem não goste das partes mais assustadoras, estamos falando de fantasmas que foram decapitados e há algumas cenas que contam alguns eventos da época medieval. Gosto especialmente das várias camadas da história, a missão deles é de Jon e a história de Sir William Longspee e por que ele procura ajudar os outros. Gostei especialmente de ler a nota do autor e do glossário encontrado na parte de trás do livro, que fornece mais informações sobre cada um dos personagens principais escritos na história. Foi interessante ler sobre como a ideia do autor para a história surgiu de uma viagem a Salisbury, Inglaterra, com o foco nos arredores da Escola da Catedral e Stonehenge até desempenha um papel de destaque.
05/18/2020
Yila Schlappi

Provavelmente sou um pouco tendenciosa quando se trata de livros de Cornelia Funke, porque ela é uma das minhas autoras favoritas. Tenho 16 anos, portanto, a maneira como vejo este livro seria um pouco diferente da maneira como deveria ser percebida pela demografia.

Eu realmente gostei deste livro. Achei a escrita adorável, não correspondendo ao padrão da escrita da Trilogia do Coração de Coração, mas ainda assim adorável. Ler da perspectiva de Jon foi ótimo. Ele fez comentários engraçados e tinha uma personalidade corajosa.

As ilustrações eram lindas e combinavam bem com a história. O livro foi bem ritmado e emocionante. Era apenas uma coisa após a outra e eu estava na beira do meu assento, lendo capítulo após capítulo, ansioso para ver o que aconteceria a seguir.

Os personagens eram adoráveis. Eu particularmente amei a avó de Ella. Ela era uma personagem hilária.

Eu definitivamente ficaria sabendo que este livro é voltado para um público mais jovem, portanto, às vezes, este livro pode parecer um pouco simplista, mas eu daria uma chance de qualquer maneira. Nunca se sabe.
05/18/2020
Creighton Sporle

Foi tudo bem. Eu gosto um pouco, mas é meio arrastado e no meio eu bocejei. Objetivamente, foi uma aventura divertida com fantasmas em uma antiga catedral e na tranquila cidade de Salisbury. Embora eu não saiba por que Jon teve a capacidade de ver fantasmas logo depois que ele estava no colégio interno? Onde estavam os outros fantasmas antes em sua vida? E o fato de ninguém ver os fantasmas vingativos quando perseguiam Jon na frente de outras crianças e de um professor, mas algumas delas podem ver o fantasma de cavaleiro na catedral, me confundiu. Como essas aparições de fantasmas realmente funcionam? Mas eh, é supostamente um livro infantil, e acho que é divertido o suficiente. (não, não vou guardar este livro).
05/18/2020
Girardi Rozas

História de maioridade, cerca de 11 anos, Jon, que tem dificuldades em aceitar o novo homem na vida de sua mãe. As coisas ficam ainda piores quando ele é enviado para o colégio interno e não apenas tem que lidar com uma nova escola e estar longe de tudo o que é familiar, ele também tem que enfrentar o velho demônio que assombra sua família há gerações. Uma história de fantasmas cheia de ação e Funke tem um domínio sólido quando se trata de desenvolvimento de personagens. Meninos e meninas que procuram a próxima leitura depois de Harry Potter definitivamente apreciarão esta história para crianças de 7 a 13 anos, não muito horríveis e nem muito doces.
05/18/2020
Andriette Susor

Jon vai para o colégio interno, apenas para descobrir que sua localização é assombrada por fantasmas com uma vingança pessoal contra sua família. No caminho, ele conhece Ella, que sabe tudo sobre fantasmas e quer ajudá-lo, e o fantasma de Longspee, um cavaleiro antigo com um passado sombrio. Eu gostei deste. Eu não tenho muito mais a dizer sobre isso, exceto que é um fio sobrenatural sólido em um local encantador. Mais uma vez, a Funke entrega.
05/18/2020
Gilus Pestone

Foi bom, mas não ótimo (desculpe Cornelia?), Portanto, a classificação de 3 ⭐. Mas é uma leitura muito rápida, eu darei isso.
05/18/2020
Monjan Ertzbischoff

Este livro começou bem, ficou menos bem e terminou um pouco melhor. Ele ganhou a estrela extra porque foi pesquisado e baseado em lugares reais e figuras históricas. Assombrado por fantasmas? Chame o cavaleiro fantasma! Eh.
05/18/2020
Oakes Bellue

Quando eu era jovem, eu realmente gostava de ler livros de fantasia ambientados na era medieval. Este livro foi uma interessante mistura de fantasia e contemporânea que foi realmente muito bem feita.

Razões para ler:

1.Jon:

Jon é um daqueles garotos que é muito mal compreendido. Ele se mete muito em problemas por várias razões, e os adultos parecem odiá-lo instantaneamente. Eu gostei que ele fosse o narrador do romance, porque então pudemos ver o que ele estava pensando e por que ele fez as coisas que faz. Eu gostei que ele estava especialmente interessado em ser rebelde por ser rebelde, mas na maior parte eram apenas grandes mal-entendidos. Eu também gostei de como ele não era perfeito. Ele diz e faz algumas coisas que não são as melhores. Ele também é o único a ser resgatado na maioria das vezes, embora isso mude um pouco perto do final do livro.

Sir William Longspee:

Longspee é um fantasma que é um cavaleiro. Isso deve ser o suficiente para explicá-lo, mas vou detalhar um pouco mais. Basicamente Longspee é este cavaleiro incrível que é épico em todos os sentidos imagináveis. No começo, ele é pintado como uma figura perfeita que nunca erra e sempre tem bons costumes. Você aprende um pouco mais sobre o passado dele, o que o tornou o personagem mais complexo de todo o livro. Ele também é muito útil com uma espada e constantemente vence suas batalhas ao longo do livro.

Eu gostaria que um pouco mais de desenvolvimento de personagem pudesse ter sido estabelecido neste livro, mas o foco principal é um Jon mais velho e maduro, contando essa história. Fico feliz que o caráter de Longspee tenha sido muito bem estabelecido. Este livro definitivamente poderia atrair muitas pessoas, incluindo um público mais velho, já que algumas das cenas deste livro eram um pouco assustadoras e havia alguma linguagem nele. No geral, eu recomendaria isso se você gosta de livros de fantasia e contemporâneos, então este é o livro para você.

ARC recebido da HBG Canadá.
05/18/2020
Rayner Plowell

Jon não quer ir para o colégio interno - ele culpa The Beard, o namorado de sua mãe, por fazê-lo ir. Quando ele chega lá, ele descobre que o fantasma de Stourton, que passou gerações caçando membros da família de Jon - e agora ele e seus capangas fantasmas estão vindo atrás de Jon. Felizmente, Ella, uma garota de sua escola, leva a sério sua assombração, já que sua avó faz excursões fantasmas, e os dois procuram a ajuda de um cavaleiro morto, William Longspee, que está enterrado na Catedral de Salisbury. Eles fazem um acordo - Jon ajudará Longspee a recuperar seu coração roubado e enterrá-lo aos pés de sua esposa (também chamada Ella), e Longspee ajudará Jon a despachar o mal Stourton. As coisas ficam complicadas quando The Beard acaba sendo o tio de Ella, e todo esse negócio de fantasmas continua colocando Jon em apuros na escola. Jon será capaz de evitar a maldição, ou sua morte finalmente acalmará a sede de sangue de Stourton?
Pontos fortes: muita ação e aventura, e o design do livro é perfeito para o ensino médio, pelo menos pelo que eu vi do ARC. Muito espaço em branco, algumas fotos, tamanho divertido de ler. (Pequeno, mas robusto.)
Fraquezas: o público é um pouco complicado. Qualquer leitor de fantasia elementar entenderia isso, e talvez os fãs de Charlie Bone / Harry Potter que querem uma história de colégio interno. Eu realmente gostei deste e gostaria de comprá-lo, mas não tenho muita certeza disso para os alunos mais velhos.
05/18/2020
Zoi Velardo

Este livro restaurou minha fé em Cornelia Funke como escritora de futuros clássicos! Ghost Knight é um delicioso mistério fantasma que se passa dentro e ao redor da Catedral de Salisbury, usando muita história local e com dois protagonistas atraentes que trabalham brilhantemente juntos.

Eu tenho que admitir um viés para livros ambientados em lugares reais que usam personagens e eventos históricos reais. Eu deduzi isso a uma infância passada lendo Rosemary Manning, Alan Garner e LM Boston. Não há nada mais emocionante do que ler uma história ambientada em um lugar e depois visitá-la. Definitivamente vou para Salisbury na próxima vez que estiver no Reino Unido !!

A trama e o ritmo dessa história merecem uma menção especial. Não tem um, mas três clímax! Muitos autores não conseguem isso, principalmente em um livro de nível médio. Minha única reclamação é que eu gostaria de aprender um pouco mais sobre a escola de Jon & Ella e obter uma sensação de 'história do colégio interno' do livro, mas isso é apenas um gosto pessoal.

Isso me fez determinado a ler os outros livros de MG da Funke!
05/18/2020
Friend Honeywell

Bem, terminei o livro inteiro em um dia, então devo ter gostado. Mas é curto, e durante todo o caminho senti que estava tentando chegar ao fim para acabar com isso. Eu amo Cornelia Funke, e não havia como desistir de um livro dela antes de chegar ao fim.

Acho que parte do meu desapontamento foi descobrir que o livro, apesar da bela imagem de aparência medieval na capa, acontece nos dias atuais. Eu estava esperando por algo parecido com Igraine, o Bravo, e não é isso. O personagem principal narra, e ele é meio que chorão e desinteressante. Na verdade, nenhum dos personagens realmente me atraiu, exceto talvez a avó de Ella, que, por ser uma mulher sábia, mantém uma coleção de sapos como animais de estimação. Talvez essa história de fantasma sem graça apele para alguns, mas eu preferia muito os cavaleiros Igraine, o Bravo e os fantasmas em Dourado e Cinza de Louise Arnold.
05/18/2020
Pattani Koltay

Eu esperei algum tempo pelo novo romance de Cornelia, Ghost Knight. Isso segue o jovem Jon Whitcroft quando ele foi para o internato. Ele tem uma aversão extrema pelo futuro marido de sua mãe, Matthew, ou mais conhecido como The Beard. Pouco tempo depois de chegar à sua nova escola, ele começa a ver vários fantasmas e seu posterior inimigo principal, Stourton. Ele também conhece sua amiga heroína Ella Littlejohn, e sua avó peculiar e animada (assim como seus muitos sapos), Zelda. Esses fantasmas começam a assombrá-lo dia e noite e descobrem que ele é o único que pode descansar essa fera depois que Jon descobre a história dos Hartgill. Embora ele não possa fazer isso sozinho e precise da ajuda de outro fantasma, William Longspee.
Esta nova história é cheia de reviravoltas e foi ótima até o fim. Definitivamente vale a pena esperar!
05/18/2020
Ruella Zella

Talvez 2.5. Eu realmente esperava gostar mais disso, porque realmente gostei dos outros trabalhos de Funke. Este não era muito atraente e as linhas da história pareciam um pouco nulos às vezes. Eu acho que o principal que me decepcionou foi o personagem principal. Ele tinha 11 anos de idade detestável. Quero dizer, tenho certeza que muitos (a maioria?) De 11 anos de idade são desagradáveis, mas realmente a voz dele era cansativa. Violet também leu este livro e, embora gostasse, estava muito acima do seu nível em termos de conteúdo apropriado para uma criança de 7 anos de idade (caçadores de fantasmas, luta de espadas, tiro de armas, encontros de quase morte e até xingamentos leves etc.) ., o que foi surpreendente, já que é ficção de nível médio), então eu gostaria de ter lido isso primeiro e depois a detido por alguns anos.
05/18/2020
Dottie Modesto

História inteligente de fantasma de MG da confiável Cornelia Funke, como sempre. Aqui temos um herói sarcástico de onze anos que gradualmente se desilude, um internato inglês assombrado, um melhor amigo ferozmente inteligente quem é uma garota, Stonehenge e, é claro, o Cavaleiro Fantasma, protetor juramentado dos fracos.



O que mais você poderia querer? Que tal lindas ilustrações a lápis que desafiam a perspectiva e que apresentam a Catedral de Salisbury? E um glossário e um posfácio que identificam contrapartes históricas e modernas para todos os personagens? Fabuloso.
05/18/2020
Yseult Tun

Agradável, mas não particularmente memorável. Boa história de fantasmas de aventura para jovens. Mas os outros trabalhos de Funke são mais fortes.
05/18/2020
Gilder Leyendecker

Este livro é uma bomba! 5 estrelas de entretenimento. Totalmente cativante!

Eu sou oficialmente um fã!

É um pacote completo: humor, aventura, horror e romance. Um final tão comovente.

ADORO!
05/18/2020
Nagle Molnar

Eu terminei de uma só vez
Isso nunca é infantil para mim.
Cornelia Funke é um dos meus autores favoritos de todos os tempos. Seus livros são minha comida de conforto. Sempre que tenho um dia ruim, volto para casa, pego um de seus livros e começo a ler e é isso! De repente, estou rindo e me divertindo muito?
Agora para a revisão-
Jon era o aluno mais relutante que qualquer colégio interno pode desejar. Mas, como se vê, ele pode realmente estar totalmente errado sobre lugares seculares, histórias e, claro, espíritos!
Uma história hilariante e encantadora de cavaleiros, fantasmas vingativos, histórias de amor seculares, novas amizades e bem ... e o que mais você pergunta?
Que meus amigos todos vocês terão que ler. Não perca. Você realmente estará perdendo uma jóia.
Aqui, confira uma revisão muito detalhada dele aqui-

http://arielbookblog.blogspot.com/201...
05/18/2020
Onder Zayicek

Eu nunca gostei de nenhum dos trabalhos de Cornelia Funke. Esta lista deve agora incluir Ghost Knight.

Quando comecei, pensei que a escrita não era tão rica quanto seus outros trabalhos, como Inkheart ou Thief Lord. Eles me cativaram quando criança. Mas a história de Ghost Knight ainda me atraiu dentro de alguns capítulos depois que Jon superou seu 'exílio' para o internato. E me pego torcendo por Jon e Ella.

Você sempre aprende algo com os livros dela. História, literatura, amizade, amor. E neste, você conhecerá um pouco mais sobre o personagem de William Longspee e cavaleiros e história ingleses.

Apesar de ter dez anos mais velho do meu último livro de Cornelia Funke, posso dizer que este me cativou da mesma forma com a magia e a narrativa, como seus outros livros.
05/18/2020
Matland Crill

Classificação: 4 stars

Revisão: Apesar do grande tamanho de Ghost Knight, eu contei a história em apenas um curto período de tempo. O enredo foi divertido e envolvente, embora eu sempre soubesse que tudo daria certo no final. O protagonista passou por um desenvolvimento real, embora não seja importante, e o ritmo dos livros manteve a história em ritmo acelerado. Alguns detalhes terríveis sobre fantasmas, enforcamentos e sangue tornam o livro algo que os leitores particularmente sensíveis podem querer evitar, e os palavrões ocasionais estragam a história de outra maneira limpa. No geral, Ghost Knight era uma leitura divertida, mas não um livro particularmente magistral ou extraordinário.
05/18/2020
Angadresma Hemesath

Ghost Knight: Eu daria 3.5, pois acho que é um bom livro, mas falta um interesse constante. Ao ler o livro, você encontra entretenimento na constante mudança de emoções que Jon passa, tornando-o um personagem mais complexo. No entanto, como ela se desenvolve na mudança de caráter, desmorona por ter muitos momentos agitados. Com alguns momentos interessantes, Jon sendo caçado por uma parte curta do livro e Jon impedindo sua própria morte, não há muito conteúdo interessante em um livro de 330pg. Essa falta de conteúdo interessante é a única razão pela qual desmorona e não obtém quatro em cinco como classificação.
05/18/2020
Siobhan Poore

Peguei este livro porque gostava muito de Inkheart. Eu não sabia que era um livro de nota média, mas isso definitivamente não me impediu de apreciá-lo. A voz de Jon era próxima e compreensível, e é óbvio que o autor tem uma compreensão fantástica do funcionamento interno da mente de uma criança de 11 anos.

Minha única preocupação era que o personagem de Ella fosse muito perfeito (como às vezes é o caso quando um autor baseia um personagem em uma pessoa real) e Jon estava constantemente apontando como ela era perfeita. Ficou um pouco entediante, e eu gostaria que ela fosse uma personagem mais arredondada como Jon.

Mas fora isso, foi encantador e emocionante e uma leitura adorável para a temporada de Halloween!

Deixe um comentário para Cavaleiro Fantasma