Casa > Ficção > Suspense > Mistério > Fortaleza Digital Reveja

Fortaleza Digital

Digital Fortress
Por Dan Brown
Avaliações: 28 | Classificação geral: média
Excelente
7
Boa
9
Média
6
Mau
0
Horrível
6
Quando a invencível máquina de quebra de código da Agência de Segurança Nacional encontra um código misterioso que não pode ser quebrado, a agência chama sua criptógrafa chefe, Susan Fletcher, uma matemática brilhante e bonita. O que ela descobre envia ondas de choque pelos corredores do poder. A NSA está sendo mantida refém ... não por armas ou bombas, mas por um código tão engenhosamente complexo

Avaliações

05/18/2020
Spratt Chetan

Há uma razão pela qual todo mundo fala sobre o Código DaVinci e não sobre este livro. Eu não tenho idéia do que seria esse motivo, porque eu pensei que Anjos e Demônios era medíocre, então nunca me preocupei em ler o Código DaVinci. Enfim, eu estava entediado e uma cópia disso estava na biblioteca por um quarto e pensei: "WTF, cara, eu vou tentar."

A primeira página do capítulo 1 começa com Susan Fletcher acordando de um sonho romântico e tocando o telefone:

"Susan, é David. Eu te acordei?"
Ela sorriu, rolando na cama. "Eu estava apenas sonhando com você. Venha brincar."
Ele riu. "Ainda está escuro lá fora."
"Mmm". Ela gemeu sensualmente. "Então definitivamente venha e jogue. Podemos dormir antes de seguir para o norte. "

Isso não é um erro de digitação da transcrição ou a manifestação da minha raiva sem foco. Realmente lê "Mmm." Ela gemeu sensualmente. Por favor, sinta-se livre para vomitar se precisar; Eu vou esperar.

David então adia seus planos para comemorar o noivado de seis meses devido a algo silencioso, como talvez ele seja um grande homo. Qual é o tipo de homem que vai deixar passar um doce amor antes de desaparecer em uma missão misteriosa? O tipo que gosta de outros homens, é esse o tipo. Um punhado de páginas depois, fica claro que Dan Brown leu muitas Clive Cussler romances como somos tratados com uma descrição de David Becker:

- Becker estava escuro - um homem jovem e robusto, com trinta e cinco anos, com olhos verdes afiados e uma inteligência para combinar. Suas mandíbulas e traços fortes lembraram Susan de mármore esculpido. Com mais de um metro e oitenta de altura, Becker atravessou uma quadra de squash mais rápido do que qualquer um seus colegas puderam compreender: depois de derrotar profundamente o oponente, ele se refrescava mergulhando a cabeça em um bebedouro e embebendo seu tufo de cabelos pretos e grossos. Depois, ainda pingando, tratava o oponente com um shake de frutas e um bagel ".

Sou eu ou isso parece que Dan Brown estava digitando isso com uma mão? Por que o Sr. Stud tem as mesmas iniciais do autor? Por que alguém iria querer uma sagacidade verde afiada? E 'shake de frutas' é algum tipo de código para sexo gay? É por isso que ele ainda está pingando?

Então, depois de tudo isso ter passado pela minha mente pequena e imatura, lembrei-me de que havia outros livros para ler - livros que não eram horríveis nas dez primeiras páginas. Yay para outros livros!

Ah, e eu o vendi para uma livraria usada por um dólar, então valeu a pena o quarto. Yay para livrarias usadas!
05/18/2020
Keyek Bamber

Eu trabalho no campo da tecnologia da informação, portanto foi fácil para mim me relacionar com este livro. Não sei nada sobre a NSA (Agência de Segurança Nacional) e como eles funcionam, mas sei coisas como criptografia, algoritmo, anagrama, vírus de computador, quebra de código etc. etc. Portanto, este livro me colou do início ao fim. Meu colega de escritório me disse que este é o seu livro favorito de Dan Brown. Ele disse que desde que eu li todos os seus outros 4 romances, O Código Da Vinci, Anjos e Demônios, Ponto de Decepção (todas as 3 estrelas, ou seja, gostei delas!) e O símbolo perdido (2 estrelas, ou seja, está tudo bem!) E fico feliz por finalmente ter lido este livro. Hurrah, agora sou um finalista de Dan Brown!

Gostei da história. A NSA possui um programa que pode rastrear conversas pessoais em todo o mundo. Um funcionário fica com raiva e se torna um denunciante. A NSA contrata um detetive bonito (ainda não Robert Langdon, já que este é o primeiro romance de Dan Brown) e ela é tão gostosa que a maioria dos personagens masculinos deste livro deseja por ela. Esse desejo pelo corpo e pelo poder (como sempre) basicamente se torna a força motriz de todos esses homens que se enganam ou se matam ou até a si mesmos. O enredo é um pouco superpovoado por personagens e as reviravoltas são um pouco demais para se tornar coincidência. No entanto, este é o primeiro romance de Dan Brown, então eles são esperados. Assim como outros romancistas iniciantes, Brown estava tentando provar que ele poderia tecer intricadamente um enredo cheio de suspense e inacreditável.

A Wikipedia diz que este livro foi baseado em incidentes da vida real em criptografia. A história parece me dizer que Dan Brown não apenas fez sua pesquisa completa sobre o assunto, mas também foi capaz de prever o que a NSA faria. Ele estava um passo à frente da NSA ou talvez a NSA tenha sido influenciada pelo livro. Este não foi coincidência, eu acho. Ou talvez Dan Brown tenha sido esperto o suficiente para fazer amizade com alguém da NSA. Eu simplesmente não tinha ideia de como um romancista poderia ter acesso à NSA. Ou talvez esteja lendo muitos livros de suspense e suspense (Robert Ludlum, Jeffrey Archer, Ken Follett, John Grisham, etc.) que meu pensamento racional agora está contaminado por todas essas possibilidades ou pensamentos absurdos.

Dan Brown nasceu no mesmo ano em que eu nasci, ou seja, em 1964. Seus livros foram traduzidos em várias línguas e permaneceram na Lista dos Mais Vendidos de Nova York e adaptados para grandes sucessos de bilheteria. Wimps não pode fazer exatamente isso. Eu gosto de Dan Brown definitivamente não por suas proezas literárias, ou seja, sua escrita é comum, mas por sua imaginação e pelos esforços que ele colocou em sua pesquisa. Ele simplesmente não se senta e digita seus pensamentos. Ele apóia esses fatos. Ele vai aos museus de Paris ou Capital Building, observa todos os escritos ou símbolos nas paredes, pinturas, torres. Ele lê a história e os eventos atuais e os incorpora ao seu enredo. Então, vamos poupar esse cara dos nossos disparates sem sentido. Simplesmente não podemos ignorar o fato de que ele conhece seu ofício. Seus livros merecem ser lidos. Seus esforços merecem ser apreciados.
05/18/2020
Harmon Biraghi

Já se podia ver a direção que Brown seguiria com sua receita de conspirar o mundo literário com seu primeiro trabalho.

Não tão boa quanto Anjos e Demônios e O código da Vinci, mas não tão ruim quanto O símbolo perdido, a Fortaleza Digital é o início de carreira de um romancista que usou bons conhecimentos antiquados de uma maneira nova e única a caminho da imortalidade literária.

A parte da arte é pequena nesta, pois é mais um technothriller do que o estilo de perseguição de alta velocidade e mistério dos maiores romances a seguir.

Pode-se ver que Brown ainda está mexendo com seu estilo de escrever, nem sempre certo para onde ir e mais tentando ir futurista e tecnológico do que ucrônico e histórico. Eu sou fortemente inclinado para qualquer coisa de ficção científica, então eu definitivamente dou apenas 4 estrelas por causa do cenário, sem ele, seria mais próximo de um 3.

É muito engraçado que os infames "eu não me importo com precisão técnica, não tenham interesse em pesquisa e não peçam especialistas para revisar" a mentalidade já é grande neste, Brown simplesmente não se importa, a criptografia e a tecnologia são hiláriamente facepalmy. Nesse caso, é ainda mais extremo, pois não são apenas alguns elementos como nos outros romances, mas toda a trama que gira em torno de tópicos sobre os quais Brown obviamente não tem conhecimento, tornando-o involuntariamente cômico.

Mas também é preciso ter a coragem de publicar um romance e simplesmente não se importar com isso, é um tipo especial de atitude durona e descarada que eu aprecio (desculpe por isso, o lado sombrio em mim é), embora é muito atrevido e transporta conhecimento falso para a mente dos leitores pobres. Pontos de bônus por mostrar a NSA sob uma luz sombria no ano de 1998 (e não em 2013, quando se tornou muuuuito popular) e deixar que seus protagonistas lidassem com os tópicos de privacidade, proteção e regra da vigilância, perdoe o erro tipográfico freudiano, é claro estado constitucional.

Os tropos mostram como a literatura é conceitualizada e criada e que mistura de elementos torna as obras e os gêneros únicos:
https://tvtropes.org/pmwiki/pmwiki.ph...
05/18/2020
Tann Sigala

Fortaleza Digital, Dan Brown

Fortaleza Digital é um romance de techno-thriller escrito pelo autor americano Dan Brown e publicado em 1998 pela St. Martin's Press.

O livro explora o tema da vigilância governamental de informações armazenadas eletronicamente na vida privada dos cidadãos e as possíveis liberdades civis e implicações éticas do uso dessa tecnologia.

Quando a invencível máquina de quebra de código da Agência de Segurança Nacional encontra um código misterioso que não pode ser quebrado, a agência chama sua principal criptógrafa, Susan Fletcher, uma matemática brilhante e bonita. O que ela descobre envia ondas de choque pelos corredores do poder. A NSA está sendo mantida refém ... não por armas ou bombas, mas por um código tão engenhosamente complexo que, se divulgado, prejudicaria a inteligência americana.

Presa em uma tempestade acelerada de sigilo e mentiras, Susan Fletcher luta para salvar a agência em que acredita. Traída por todos os lados, ela se vê lutando não apenas por seu país, mas por sua vida e, no final, pela vida do povo. homem que ela ama.

عنوانها: قلعه دیجیتالی ؛ دژجیتالی ؛ نویسنده: دن براون, تاریخ نخستین خوانش روز بیستم مالمیلالمل

عنوان: قلعه دیجیتالی; نویسنده: دن براون; مترجم آرزو کلانی; بازبینی نوشین ریشهری; تهران, نگارینه; 1385; 528 در ص; شابک 9789647533935; چاپ دوم 1386; موضوع: داستانهای نویسندگان امریکایی - سده 20 م

Nome do navio: دنجاتالی, نویسنده: دن براون, مترجم: حسن زیادلو, ساری, زهره ، 1385 447 در 9645704804 ک شابک XNUMX

داستان خیال انگیز نحوه ی گشودن رمزهای محرمانه, که در مراسلات اینترنتی, یا مبادله ی اطلاعات دیجیتالی, توسط سوپر کامپیوترهای سازمانهای اطلاعات کشورها, گشوده میشوند, داده های دقیقی, از نحوه ی کد کردن اطلاعات, در این داستان ارائه شده است; ا. شربیانی
05/18/2020
Corina Taverna

Meu grupo de livros escolheu este livro e nunca os perdoarei.

Eu nunca li nada de Dan Brown. Ele não escreve meu tipo de ficção, então, enquanto eu sabia que ele era um grande sucesso, nunca me preocupei em pegar nenhum de seus livros porque sabia que não estaria interessado.

O que eu não sabia é o quanto ele é um escritor de merda.

Tenho certeza que ele chora em uma pilha gigante de dinheiro toda vez que alguém lhe diz isso.



O Digital Fortress trata do governo e do sigilo. Susan Fletcher trabalha para uma agência governamental super secreta chamada NSA que quebra códigos para ler e-mails e salvar o mundo. Como me lembro que o nome dela é Susan Fletcher? Susan Fletcher é referida como Susan Fletcher em todas as páginas em que Susan Fletcher aparece. Aparentemente, Brown está preocupado que as pessoas não se lembrem de que Susan Fletcher é uma das personagens principais do seu livro Digital Fortress, de Dan Brown.

Susan Fletcher é o melhor codificador de códigos da NSA. Susan Fletcher também é linda e perfeita e todo mundo a ama e quer fazê-la. Susan Fletcher tem uma mente brilhante. Susan Fletcher também é muito atraente. Susan Fletcher também é inteligente. As pessoas olham para Susan Fletcher e pensam: “Como um QI de 170 se encaixa em um corpo tão atraente? Vou pensar mais sobre esses pensamentos para que o leitor da Fortaleza Digital de Dan Brown saiba como Susan Fletcher se parece no livro Fortaleza Digital de Dan Brown. ”

Seu primeiro jogo de bebida é tentar sempre que alguém ri.

Seu próximo jogo de beber é esvaziar uma Copa Solo Vermelha toda vez que os olhos de alguém são descritos como avelã forte, verde intenso, preto com tinta, zibelina, cinza ou qualquer outra cor que mal existe na vida real. Sim, as pessoas têm esses olhos e, aparentemente, todos vivem no mundo de Dan Brown. Dan Brown escreveu o livro Fortaleza Digital.

Se você não beber e estiver saudável, faça flexões ou agachamentos ou algo assim, em vez de beber muito. De qualquer maneira, todos nós vamos cair no chão e vomitar.

Quando Susan Fletcher é chamada para trabalhar no sábado pelo comandante Strathmore, chefe da NSA, Susan Fletcher sabe que algo deve estar muito errado. Susan Fletcher deveria estar de férias com suas finanças, David Becker. David Becker é bonito e inteligente. David Becker joga squash e ninguém se importa quando David Becker coloca a cabeça inteira na fonte de água para lavar o suor. David Becker é incrível.

Acontece que o comandante enviou David Becker, as finanças de Susan Fletcher, para a Espanha, apesar de David Becker não trabalhar para a NSA. Susan Fletcher pensa em dizer ao leitor a importância da NSA.


Sério, como esse cara é um escritor de grandes nomes? Eu simplesmente não entendo.
Dan Brown, autor do Digital Fortress, não tem tempo para coisas importantes como "Mostre, não conte". quando se trata de escrever seus livros. Dan Brown quer chegar a coisas importantes, como dizer ao leitor como são inteligentes e bonitas Susan Fletcher e David Becker. Susan Fletcher e David Becker estão noivos. Susan Fletcher e David Becker estão noivos há seis meses. Susan Fletcher diz isso a David Becker quando ela diz: "Você lembra que estamos noivos, não é?" que é exatamente o que as pessoas na vida real diriam se quisessem que você soubesse que estavam envolvidas.

Susan Fetcher permanece escondida no bunker da NSA tentando descobrir o que há de errado com seu projeto de tradutor gigante, enorme, maciço, caro, caro, caro e extremamente secreto. O computador é usado para selecionar códigos de e-mail e crack e salvar o planeta inteiro. Isso foi feito com sucesso. Mas agora ele encontrou um código que não pode decifrar e Susan Fletcher precisa usar seu corpo bonito e sua mente inteligente para resolver o problema.

Enquanto isso, na Espanha, David Becker está em uma jornada louca. Ele precisa encontrar um anel porque, de alguma forma, tem algo a ver com esse código. Ele é capaz de seguir pistas finas para rastrear o anel de pessoa para pessoa. Aparentemente, David Becker, sem treinamento (porque se ele tivesse treinamento, alguém do livro Digital Fortress, de Dan Brown, teria nos falado sobre isso) se torna o detetive mais brilhante do mundo. Ah, e também David Becker recebe coincidências estúpidas que lhe dizem para onde ir a seguir. David Becker é inteligente e é capaz de usar essas setas gigantes para encontrar a próxima pessoa com quem conversar.

É claro que tudo acaba sendo suspeito e há muitos traidores e ameaças de todos os lados. Uma coisa que eu gostei no livro Digital Fortress, escrito por Dan Brown, é que havia partes em que eu sinceramente não sabia quem era o bandido. Felizmente, Dan Brown conta rapidamente as informações para me fazer prestar atenção a um personagem específico em seu livro Digital Fortress e eu, o leitor, podemos voltar à parte importante que é lembrar que Susan Fletcher e David Becker estão noivos e são muito inteligentes. e muito bonito.

O final louco foi meio divertido, porque todo mundo estava no mesmo lugar gritando e tentando resolver o problema antes que todo o governo fosse encerrado, mas fora isso ... Que porra é essa, América? Este é um dos nossos autores mais vendidos?

Concluindo, não gostei do livro Digital Fortress, de Dan Brown. Não só não me importo com esse tipo de história, como não consegui superar a redação. Como isso acontece?

Eu não me importo se isso me faz parecer um esnobe do livro, mas, falando sério, esse é quem escolhemos como um dos nossos autores de leitura obrigatória? Pelo amor de Deus.

Meu grupo de livros se reúne amanhã e estou trazendo uma lista gigante de perguntas para discussão. Aparentemente, todos eles odiavam o livro também, incluindo as duas pessoas que sugeriram para este mês. Maneira de fazer o resto de nós pagar pelos seus erros.
05/18/2020
Mannie Forcade

Dan Brown não é apenas o Código Da Vinci! Este é um ótimo thriller cibernético. Isso ressoa bem em um mundo onde a segurança de dados e o hacking fazem parte das notícias diárias. Confira se você é um fã de thrillers rápidos e com muito suspense. (Também tem capítulos curtos, que eu gosto muito)
05/18/2020
Stefanie Grahn



Suspense de destruição da coluna. Nunca pude colocar minha pipoca no chão.

Uma revisão completa e abrangente em minhas listas este ano!
05/18/2020
Vola Satonick

O tópico é bastante interessante e ter um autor que se encaixa perfeitamente no lugar de alguém tão reverenciado (falar, é claro, sobre o falecido grande Michael Crichton) é realmente magnífico, no meu livro. Este thriller é rápido (hooray!) E fascinante. É relevante para os tempos modernos e alguns revisores chegaram a considerá-lo plausível.

Mas é preciso dizer que é uma aventura menos atraente que O Código Da Vinci, ainda mais artificial; desprovido de personagens interessantes, mas atormentado por becos sem saída, repetitividade ineficaz, jornadas vazias. Enquanto muitos personagens lidam com catástrofes diferentes ou maiores, os capítulos curtos passam rapidamente. A trama, se dissecada, se assemelharia a isso: uma garota de carreira (e, portanto, uma que não tem personalidade, além de ser descrita como incrivelmente apaixonada por sapatos caros [como se esse exemplo enfatizasse sua feminilidade:]) presa em uma composto, perplexo com telas e consoles de computador, correndo para salvar a humanidade antes que o relógio apocalíptico aconteça; o namorado dela, um prof. com sorte certa e extrema em um ganso selvagem (em - Sevilla, Espanha! AWESUM!), um peixe fora d'água com um objetivo cego (e novamente afligido pela Síndrome de No Personality juntamente com seus drones contemporâneos); e outros nerds da tecnologia, tentando física ou tecnologicamente (o que quer que isso signifique ... o romance tenta personificar o que é intangível: ciberespaço), salvar o planeta. Existem códigos e quebra-cabeças ao longo do caminho, fáceis de decifrar e, às vezes, excessivamente explicados por esses indivíduos com mente tecnológica (e apenas tecnológica), com excesso de remuneração.

Por ser educativo, divertido, às vezes (digo isso com um grão de sal) imprevisível, deveria ser lido. Não espere Waugh ou Hawthorne, mas Crichton, ou pelo menos uma imitação digna. Definitivamente, é uma aventura de ação idiota, mas se ela captura você, e ela será, então apenas pegue a carona. É tão inofensivo quanto representar o protagonista: seus olhos se moverão e seu corpo estará em repouso. Mas algo dentro da máquina humana será processado de alguma maneira, certamente.
05/18/2020
Venable Blacketer

Aprendi que Dan Brown é um escritor ruim e nunca vou ler nenhum de seus outros livros. Também estou chateado com meu amigo por me recomendar este livro.

Em suma, o livro é um romance ruim e muito ruim se você souber algo sobre matemática / criptografia.
Não apenas os erros técnicos foram assustadores, mas o estilo de escrita em si é medíocre.

AVISO: spoiler aqui.

Há uma cena em que os chefes da NSA, juntamente com algumas das pessoas mais inteligentes da Terra, tentavam resolver um enigma deixado pelo bandido como uma pista. Levaram um capítulo inteiro para resolver o enigma, essas pessoas que com QI de supostamente mais de 170 anos. Mas eu, um leitor com QI médio e sem treinamento formal em criptografia, soube instantaneamente do que se trata o enigma. Como isso é realista? ou o QI de Dan Brown está abaixo da média, ou não é preciso muito para se tornar o chefe da NSA. Eu opto pelo primeiro.

O desenvolvimento do personagem é fraco, sem tramas fortes, e os diálogos eram tão ruins que poderiam ter sido escritos por mim. Perda total de tempo. A única diversão que recebi deste livro foi a época em que escrevi esta resenha para dar uma olhada.
05/18/2020
Tati Riney

Não importa o que as pessoas digam sobre Dan Brown ou seus livros ou ódio por ele, você deve admirar o fato de que o que ele traz para a mesa ninguém mais faz.

Este foi o livro que me trouxe ao belo mundo dos livros. Antes de ler este livro, pensei que a leitura era um pouco irritante e uma perda de tempo, já que tudo é fictício, por que não ler melhor alguns livros espirituais / de auto-ajuda e conhecimento. Depois de ler este livro, tudo mudou, comecei a ler mais e mais ficção e hoje os livros se tornaram uma das partes mais importantes da minha vida, graças a esses livros.

Hoje eu li todos os livros de Dan Brown além de Angels & Demons, mas este livro continua sendo o meu favorito. Concordo que ele não é um grande escritor e usa a mesma fórmula em todos os seus livros, nem um pouco versátil. Mas ele ocupa um lugar especial e eu sempre ocuparei um lugar especial em minha estante de livros por causa dos motivos que mencionei acima.
05/18/2020
Lenni Overley

Não sei em que acreditar depois de ler este livro. Eu sempre gostei dos livros de Dan Brown porque ele escreve de maneira realista, usando grandes palavras para menosprezar os leitores sobre o quão pouco eles sabem.
Ou então eu pensei.
Depois de ler este livro, bisbilhotei por conta própria (OK, essas também eram grandes palavras, usei o Google) e percebi que a maior parte da tecnologia, computadores e máquinas legais não existia. De fato, Goodreads foi uma excelente fonte de informações de revisores infelizes, destruindo a credibilidade deste livro. Nossa, eu estava realmente esperando que essas coisas fossem tão legais quanto mencionado no Digital Fortress.
Mas, além disso, existem alguns fatos e números históricos que SÃO reais, se não tão legais. NSA. Criptologia. Enigma. Embora eu não possa dizer que os livros de Brown são um excelente curso intensivo para uma miríade de assuntos esquisitos, seus escritos definitivamente introduziram os leitores em um mundo totalmente novo com o qual a maioria de nós jamais teria sonhado.
Dito isto, não posso dizer que o estilo de escrita de Brown seja o meu favorito. Seus livros geralmente começam bem, mas meio que caem um pouco no final. Seus desenvolvimentos na trama não são os melhores que eu já me deparei, embora seja impensável como ele os apresenta em primeiro lugar. Mas devo dizer, há uma semelhança significativa entre os enredos na maioria, se não em todos, de seus livros. Não é preciso um criptologista para descobrir isso. Agora, antes disso, eu li apenas três de seus livros (OK, isso já é bastante) e minha recente consciência dessa semelhança realmente tirou muitas surpresas nos romances de Brown.
Nenhum spoiler aqui, embora eu tenha certeza que a maioria de nós já sabe o que é. Eu ainda recomendaria os livros de Dan Brown a qualquer dia, apesar das classificações baixas na Goodreads. Estou ciente de que a maioria dos leitores afirma que Brown distorceu a realidade nos níveis mais atrozes. Felizmente, para uma pessoa com nenhuma pista sobre qualquer um dos tópicos sobre os quais ele já escreveu até agora, não tenho problema em apreciar o livro. Mas tenho certeza de que, se Dan Brown escrevesse sobre algo em que eu era excelente e apaixonada - assistindo TV, Facebooking, dormindo -, ele também teria uma surra de mim.
05/18/2020
MacPherson Dominowski

Eu nem me lembro do que se trata. Há um técnico em informática da CIA, e tudo o que consigo lembrar sobre ela é a cena em que um segurança está olhando sua bunda doce e doce e se perguntando, confuso, como uma mulher com QI 192 poderia ser tão fodidamente fodível. Além disso, tenho certeza de que ela salva o mundo com computadores, mas não devemos nos importar, porque ela faz isso enquanto sua camisa está parcialmente desabotoada. Ela também pode ter se molhado em algum momento.

LITERATURA.
05/18/2020
Wendi Conliffe

Revise também em
https://edwardsghostengine.wordpress....

Que viagem! Tudo o que posso dizer é que Dan Brown é um escritor de suspense! Admito que esse tipo de livro não é realmente minha xícara de chá (peguei por capricho) porque sou mais fã de fantasia / paranormal e isso estava longe disso. Também admito que quase não li isso e quase o enviei de volta à biblioteca para que eu pudesse ter mais livros de fantasia. Estou tão feliz por ter pensado o contrário!

Ao ler outros comentários, Dan Brown foi descrito como "um mestre das emoções inteligentes" e devo dizer que concordo. Foram feitas muitas pesquisas para este livro e eu gostei de como o autor conseguiu nos dar as descrições tecno-criptográficas e o funcionamento da tecnologia…
sem nos aborrecer ou ser muito complicado, perdemos a trama. Não, tudo foi explicado de uma maneira compreensível e emocionante, fazendo a história para mim fluir muito rápido. Devo mencionar também que algumas das críticas de uma estrela alegaram que as informações deste livro estavam incorretas. Eu realmente não posso dizer nada sobre isso, já que praticamente não sei nada sobre criptografia e codificação, mas direi que o autor conseguiu fazer tudo parecer muito real e correto.

Outra coisa que gostei foi o desenvolvimento dos personagens. Sim, eles eram todos muito estratificados, especialmente os bandidos. Uau, este autor pode definitivamente criar fundos de personagens interessantes, onde nem todos os motivos são sempre claros. A única coisa que eu realmente não gostei foi o fato de que as personalidades dos personagens não foram totalmente exploradas / desenvolvidas. Eu gostaria que os personagens tivessem mais sentimentos e emoções sobre eles, mas sou apenas eu.

Então, este foi o meu primeiro livro de Dan Brown e eu vou lhe dizer isso, não será o meu último! Agora que li isso, mal posso esperar para começar seus livros de Robert Langdon, porque pelo que ouvi, eles são bastante profundos. De qualquer forma, devido ao ritmo acelerado deste livro (nunca houve um momento chato) e às explicações simples de tópicos complicados, me faz pensar por que existem tantas críticas de uma estrela…. Acho que vou descobrir isso (ou não) quando ler mais?



Para quem eu recomendaria isso

Eu diria que qualquer um que adora um bom suspense deve ler isso e aqueles que gostam de assuntos bem pensados, além de ação, também devem tentar.

05/18/2020
Nonie Plessner

"Who will guard the guards?" Este é o meu primeiro livro de Dan Brown e, como diz o clichê certamente não seria o meu último! Originalmente, comecei a ler isso em maio passado, mas nunca terminei depois de parar no capítulo 20, e devo dizer que, apesar do hiato de cinco meses, ainda conseguia me lembrar dos detalhes. Era um livro extremamente divertido e o tipo de livro infeliz que estou ansioso para ler. A maneira como Dan Brown acompanha toda a trama com (surpreendentemente!) Capítulos digeríveis realmente fez a experiência de leitura valer a pena. O Digital Fortress é uma espécie de curso intensivo de criptografia e etimologia. Isso é altamente educativo e, apesar dos detalhes esmagadores da criptografia, eu não estava nem um pouco perturbada.

Seguimos dois pontos de vista principais, como o criptógrafo da NSA Susan Fletcher e seu noivo David Becker, quando ambos embarcaram em cursos separados para desmontar e entender a enigmática Fortaleza Digital. A próxima coisa que você sabe é que você fará uma viagem cheia de ação em Sevilha, Espanha e percorrerá a sempre ilusória configuração da NSA e do mundo da criptografia. Este é um livro único para mim e eu definitivamente me veria relendo. Também aprendi alguns truques em criptografia básica por causa deste livro! Para quem pode decifrar o código, definitivamente vou gostar de cada comentário que você publicar daqui para frente! HAHAHAH

191-41-51-520-09-15-251-11-21-213-13-02-19-09-0505-01 15 192020 THISS IS FUUUNNN

Atualização: (4 de abril de 2019) Não consigo mais decifrar qualquer mistura de tentativa de "código" que escrevi aqui HAHAHAH
05/18/2020
Welsh Satawa

Ler livros de Dan Brown é um pouco como assistir pornô. Bastante agradável na época, mas não é algo que você gostaria que seus amigos ou familiares soubessem.

A Fortaleza Digital começa como significa continuar, com personagens bidimensionais em um turbilhão de mistério e ação. O elenco nunca evolui para além do nível de recorte de papelão, mas o enredo passa por vários níveis de incredulidade e intriga para um clímax que acaba superficial e decepcionante, deixando o leitor se sentindo barato e enganado.

Entendo porque Brown é popular - a fórmula do cortador de biscoitos, o herói "inteligente", mas criminalmente obscuro, a receita do assassino e do "mocinho virou inimigo mortal" é atraente para as massas - mas não pode deixar de pensar que esses livros deveriam ser escondidos na prateleira superior, longe de olhares indiscretos e mentes impressionáveis.
05/18/2020
Voltmer Hosking

Oh Dan Brown, como eu amo te odiar. Parece uma verdade universal que, quando você acaba de ler todos os livros que trouxe com você, é impossível encontrar material de leitura decente onde quer que esteja.

Vergonhosamente, eu realmente li a maioria dos livros dele. Eu li Anjos e Demônios porque alguém me recomendou. Embora tenha achado seus escritos extraordinariamente pobres, achei a história envolvente o suficiente para ignorar esse fato. Não adivinhei o final, e ele colocou algumas idéias fascinantes sobre a história. Eu li o Código DaVinici porque todo mundo estava lendo e porque eu gostava de Anjos e Demônios. O Código DaVinici foi escrito de maneira igualmente ruim, mas notei muitas semelhanças nas tramas dos dois romances. Mas ainda era uma leitura divertida, então achei que a perdoaria. Então, a caminho da Costa Rica, percebi que não trouxe livros suficientes comigo para a viagem do plano. Fui à livraria em Charlotte, Carolina do Norte e peguei o Deception Point, mais uma obra-prima de Dan Brown. O enredo deste livro foi "O Código DaVinci Torna-se Ártico". Foi quando eu percebi que Dan Brown inventou um bom enredo e ele o reciclou várias vezes.

Mesmo assim, diante da perspectiva de pai rico, pai pobre ou ele simplesmente não gosta de você, eu peguei o Digital Fortress. Acho que a escrita dele está melhorando, mas o final do livro foi descoberto nas dez primeiras páginas. Eu nem precisei ler o final primeiro para saber o que ia acontecer. Talvez eu registre o Digital Fortress no bookcrossing e o envie para o mundo.
05/18/2020
Titus Buggie

O que aconteceria se todas as nações e pessoas do país, com um computador, pudessem acessar todos os arquivos extremamente secretos do governo? É isso que Susan Fletcher e David Becker têm de impedir em Digital Fortress de Dan Brown. Com muita ação e suspense, o Digital Fortress é um livro para quem gosta de ação.

Dan Brown escreveu muitos outros romances de ação. Eu li todos eles e este romance é tão bom quanto o resto. Este romance é escrito no mesmo estilo que todos os outros. Deixando o suspense em todos os seus livros, Dan Brown faz de todos os seus romances uma leitura emocionante.

O governo dos Estados Unidos acaba de comprar um enorme computador que pode decifrar qualquer código chamado TRANSLTR. Uma agência governamental altamente secreta chamada Agência de Segurança Nacional, NSA, comprou este computador para impedir que terroristas enviem mensagens codificadas para outros terroristas dentro ou fora dos Estados Unidos. Pensando que o povo dos EUA pode considerar o TRANSLTR uma pechincha de privacidade, o governo nunca contou a ninguém sobre o dispositivo.

Susan Fletcher é a principal criptografadora das instalações da NSA Crypto. David Becker é um especialista em línguas estrangeiras da Universidade de Georgetown. O comandante Greg Strathmore está encarregado da instalação. Existem também outros três criptografadores e muitos engenheiros que trabalham no TRANSLTR na instalação.

O chefe de Susan Fletcher, Cryptographer, observa um código no qual o TRANSLTR trabalha há dezoito horas e a maioria dos arquivos leva menos de uma hora. Alguns dias depois, um endereço estranho envia um e-mail para eles. Ao enviar o e-mail, deixe a NSA descobrir uma maneira de desligar o Digital Fortress. O vírus que interrompe o TRANSLTER e expõe o principal banco de dados do governo a qualquer um com acesso à Internet. A exposição do banco de dados colocará a nação em risco de ataque e caos total dos cidadãos.

A NSA envia David Becker para receber o anel que tem o código para desligar o Digital Fortress. Enquanto isso, Susan Fletcher está tentando convencer o chefe de toda a operação de que há um problema. David quase foi morto a tiros e Susan quase explodiu em pedaços. Os dois terão sucesso?

Eu recomendaria este livro a qualquer pessoa. Este livro tem muita ação e é uma história que deixa você vagando, e se? No entanto, se você tiver um pouco de estômago mole, esse romance fará com que você queira se virar às vezes. Este livro é para quem gosta de ficar à beira de um assento durante toda a história, até o fim.
05/18/2020
Aidan Lairsey

Aqui está o problema: o Digital Fortress tem um bom enredo, mas está cheio de personagens fracos. Eu realmente gostei da trama. Um funcionário insatisfeito da NSA desenvolve um programa de criptografia inquebrável (o Digital Fortress) e ameaça fornecer o programa de criptografia e a chave (que está escondida no programa) na Internet. Se os bandidos tiverem acesso à chave, eles poderão se comunicar sem medo da NSA descriptografar suas mensagens. Isso coloca a NSA em pânico - como deveria - e envia David Becker para rastrear o ex-funcionário. No entanto, David descobre que o homem morreu em circunstâncias suspeitas, então ... bem, você sabe.

Muito bom até agora, mas agora considere os personagens principais. Susan Fletcher e David Becker são o par perfeito. Ela é linda, inteligente, sexy e decente até o âmago. Ele é bonito, inteligente, sexy e - sim - decente até o âmago. Embora Susan tenha um QI de 170, ela é principalmente um colírio para os olhos. A única surpresa foi que ninguém a amarrou aos trilhos da ferrovia na frente de um trem que se aproximava. Embora isso possa ter melhorado sua caracterização. David, por outro lado, é o maior temerário de todos os tempos, superando um assassino profissional, mesmo que a coisa mais emocionante que ele tenha feito seja espancar um oponente em uma quadra de squash (e depois tratá-lo com um shake de frutas e bagel). Há outro personagem conhecido apenas como Jabba ... já disse o suficiente?

Ok, então qual é o resultado final? Isso claramente não é um thriller de alto nível, mas se seus planos fracassarem em algum fim de semana, esse não seria um livro ruim.
05/18/2020
Ambrosio Arcieri

Este é um dos dois romances independentes, de autoria de Dan Brown; outro é o ponto de decepção. Ambos são do gênero de ficção científica. Mas não importa em que gênero Dan Brown escreva, algo que você certamente encontrará; e esse é o uso de códigos e quebra-cabeças.
Com seu uso exclusivo de códigos e quebra-cabeças, ele cria um mistério maravilhoso, onde o leitor é levado em uma jornada de suspense. Eu sempre amei a capacidade de Dan de manter o leitor no limite e fazê-lo correr contra o tempo para resolver os quebra-cabeças e desvendar o mistério.
Além de mistério e suspense, havia também uma doce história de amor, que eu acho que era um bônus. :)

05/18/2020
Kennie Tornavacca

Peguei o romance de estréia de Dan Brown depois de gostar da série Robert Langdon, é exatamente o que você esperaria com capítulos rápidos e um mistério intrigante - desta vez códigos digitais e computadores.

É um thriller divertido que o mantém interessado, eu gostei, mas senti falta da presença dos professores de Harvard.
Vou ter que tentar ele é outra aventura independente - Deception Point.
05/18/2020
Bessy Niston

Acho que esse foi possivelmente o meu livro menos favorito de Brown. Faltava algo certo. Talvez seja apenas porque eu não sou tão experiente nas coisas sobre as quais ele escreveu, mas escolho pensar o contrário. Ele deve se ater ao que faz de melhor, mistério histórico.
05/18/2020
Hansiain Bellavance

Baseado em quão pouco eu tinha ouvido falar dos dois livros que não eram de Robert Langdon, de Dan Brown, entrei neste com expectativas muito baixas. No entanto, o Digital Fortress é um romance bastante bem escrito e divertido. A história principal é baseada em uma operação silenciosa na NSA para obter e ou destruir as únicas cópias existentes de uma senha que, se tornadas públicas, poderiam permitir o uso de um programa de criptografia que criaria mensagens codificadas que seriam totalmente inquebrável, tornando a NSA obsoleta e permitindo comunicações indecifráveis ​​entre organizações terroristas e quadrilhas de crimes em todo o mundo. O enredo ocorre principalmente em dois locais separados: os dois principais membros da equipe de criptografia que tentam interromper o programa e rastrear a senha da matriz e na Espanha, onde está em busca de qualquer senha física possuída pelo criador recentemente falecido do programa.

Este é um romance bastante acelerado, com muita ação em ambas as frentes. Como de costume em um romance de Dan Brown, as coisas às vezes ficam um pouco inacreditáveis, mas isso é parte do que as torna divertidas. Ele criou um elenco interessante de personagens e circunstâncias que realmente mantêm a história seguindo seu ritmo habitual. Eu me diverti lendo o Digital Fortress e o recomendaria aos fãs de outros trabalhos do Sr. Browns e também àqueles que gostam de filmes de suspense nos moldes de James Patterson, se você ainda não leu nenhum dos outros trabalhos de Dan Brown.
05/18/2020
Yi Folkman

Um bom e pequeno suspense cujas páginas ficam sozinhas e a toda velocidade ... Não há muita literatura com um pouco de estilo simples e, especialmente, os personagens demasiado clichês e pouco procurados para serem credíveis e carinhosos, mas o enredo é cativante!
No entanto, lamento o fato de Dan Brown parecer puxar as mesmas seqüências para cada um de seus romances, o que ajuda, infelizmente, o ávido leitor a descobrir o enredo para as rosas muito rápido!
05/18/2020
Zimmerman Betts



Não é uma estréia ruim. Retrato impreciso e difamatório da Espanha à parte, isso foi muito bom, um passeio divertido, um pouco imaturo, mas realmente agradável. Considerando que Brown foi o melhor Sidney Sheldon, um dos livros da SS o levou a começar a escrever o seu próprio, a escrever um thriller "melhor". Eu diria que ele alcançou seu objetivo, não tenho certeza se isso é uma vitória. DB é horrível com fundo. Diga o que quiser sobre Sheldon, mas ele acertou a pesquisa, bem como a maior parte.

Leia isso durante os bons tempos em que o mundo estava um pouco menos cinzento, nunca foi inocente nem em 2005, então nada além de carinho pelo Digital Fortress. Saudades desses dias. Eu acreditava na humanidade então.
Então eu conheci pessoas e me tornei uma música do Audioslave.
05/18/2020
Alisha Merridth

"Dizem que na morte todas as coisas ficam claras."

Usando o mesmo estilo suave de virar a página do Código Da Vinci, Dan Brown cria uma história de mentiras e choques. De David Becker quase sendo morto ao banco de dados da NSA quase vazando, é um thriller para jovens e adultos.

Para começar, Dan Brown é um dos meus autores favoritos. Então, eu posso ser um pouco tendencioso. (Mas quem se importa, certo? Provavelmente todo mundo, se você entende o que eu quero dizer)

Começa com a personagem principal, Susan, acordando para David receber uma ligação. Não é uma ligação comum para ele, mas ele não quer que ela saiba disso, então ele apenas diz a ela "é apenas uma coisa do trabalho. Volto em um dia". O que é compreensível, considerando o que ele passará a seguir.

Susan é desanimada porque seu encontro foi arruinado, mas então ela recebe uma ligação de seu comandante. Ele é um cara que trabalha duro no pôquer, mas tem uma queda por Susan, porque não quer nenhum assédio ou assédio contra ela em seu escritório na NSA.

Ele liga para ela, dizendo "que ela precisa vir imediatamente". Ela responde que "ela estará lá em breve" e ele responde "que tal mais cedo". Fale sobre ironia. De qualquer forma, ela chega lá e descobre por que a máquina decodificadora de bilhões de dólares, TRANSLTR, tenta decodificar um código há pelo menos 15 horas, muito mais do que o diagnóstico normal.

Susan e seu comandante, Strathmore, bisbilhotam um pouco e descobrem que está escrito por Ensei Tankando, que havia morrido em Sevilha, na Espanha, mais cedo e foi a razão pela qual David foi embora. Ainda mais surpreendente é que eles descobrem que é o primeiro código que a NSA não pode quebrar. O motivo?

Tankando trabalhou na NSA antes e ficou tão bravo com a máquina TRANSLTR que ameaçou vazá-la ao público. Para dizer a eles que a NSA estava espionando seus e-mails. Agora isso foi uma bomba para a NSA. Então, para resolvê-lo, Strathmore deportou Tankando para longe. O que começou o ódio de Tankando pela América desde então.

Enquanto isso, David está na Espanha, tentando rastrear um anel misterioso no qual tem a chave de passe gravada. É basicamente como uma caça ao tesouro, com assassinos em sua cauda, ​​mas ele sobrevive e finalmente volta a outro encontro com Susan.

Não vou mais fazer a revisão, mas, depois de algumas mortes, eles conseguem recuperar o controle do Crypto e do banco de dados da NSA. O que foi uma coisa boa, porque eles não queriam ter outro escândalo.

Obrigado por ler este comentário. Para mais, confira meu perfil e livros.
05/18/2020
Ike Minney

Este livro é uma leitura obrigatória para todos que trabalham com o desenvolvimento de SOFTWARE. Definitivamente incrível!
05/18/2020
Helsell Sanphilippo

Adorei este livro. Eu não estava entediada ou desinteressada em todo o livro. A trama foi fascinante. A história foi sólida.
Ótima leitura.

Deixe um comentário para Fortaleza Digital